Dos lugares que andei

Hoje eu senti saudades… Não somente do lugar, mas da sensação de vitória por realizar um sonho; de todo aprendizado adquirido; das pessoas que vi nas fotos – muitas já não posso encontrar nos meus programas rotineiros.

892f71ea-e5ba-4453-b869-f9f3658fd47c.jpegMeu 1o dia conhecendo Israel, jamais esquecerei! Estávamos no Yigal Allon Museum – onde fica guardado o famoso “Barco da Galiléia”, um único navio do século I dC, recuperado do mar da Galiléia, em 1986, durante uma seca.

Esse museu fica em Ginosar, nos arredores de Tiberíades. A principal atração dele é o barco, que acredita-se que se assemelhe aos modelos usados por Jesus e seus discípulos.

Eu realmente nunca imaginei viver essa experiência e acredito que você também não imagine viver determinadas coisas. Agora quero deixar para você um conselho, se me permite: Viva as oportunidades que tiver que viver; abrace cada uma delas como verdadeiros presentes; aprenda algo novo à cada dia… E especialmente, não coloque sobre mais ninguém a responsabilidade de suas experiências – essa é a sua parte na história, que amanhã será somente motivo para saudade.

Ana Cunha Araújo

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s