Seja curado, muitos precisam de você 4

Jr 1.4 a 7 – “Ora veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Antes que eu te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre te santifiquei; às nações te dei por profeta. Então disse eu: Ah, Senhor Deus! Eis que não sei falar; porque sou um menino. Mas o Senhor me respondeu: Não digas: Eu sou um menino; porque a todos a quem eu te enviar, irás; e tudo quanto te mandar dirás.”

A Palavra nos convoca para cumprirmos o chamado. Muitas vezes achamos que não estamos ainda prontos e por isso queremos adiar a nossa missão de consolidar as vidas. Continuar lendo “Seja curado, muitos precisam de você 4”

Seja curado, muitos precisam de você 3

Jr 1.11 e 12 – “E veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que é que vês, Jeremias? Eu respondi: Vejo uma vara de amendoeira. Então me disse o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.” A amendoeira possui folhas que são usadas como tônico e coadjuvante no tratamento de peixes ornamentais. Nelas estão presentes elementos com propriedades … Continuar lendo Seja curado, muitos precisam de você 3

Seja curado, muitos precisam de você 2

Jr 1.11 e 12 – “E veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que é que vês, Jeremias? Eu respondi: Vejo uma vara de amendoeira. Então me disse o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.”

Consolidar fala de tornar ou permanecer firme, plantado, independente das circunstâncias. Continuar lendo “Seja curado, muitos precisam de você 2”

Seja curado, muitos precisam de você 1

Jr 1.11 e 12 – “E veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que é que vês, Jeremias? Eu respondi: Vejo uma vara de amendoeira. Então me disse o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir.” Todos nós já recebemos promessas de Deus. Mesmo aquelas pessoas que até aqui não se dedicaram a ler a Bíblia e nem … Continuar lendo Seja curado, muitos precisam de você 1

Não fique parado na via da vida

Indo de casa para o trabalho me flagrei pensando que a vida imita cenas da nossa rotina. De repente percebi que estava sendo conduzida pelo meu esposo, trilhando a rota escolhida por ele; também me dei conta que à nossa frente havia um engarrafamento e que não tínhamos como prosseguir, pelo menos não na velocidade que estávamos nos locomovendo. Conseguindo avançar um pouco, percebemos que havia uma moto no chão próximo de um carro com a lateral amassada. Dalí para frente o trânsito voltou à normalidade. Continuar lendo “Não fique parado na via da vida”