Ano do jubileu

Com o coração cheio de gratidão quero compartilhar com você daquilo que recebi de presente neste aniversário tão especial. Tomei posse de um ensino que adquiri da cultura judaica: A cada aniversário, tomar como decreto o que diz o Salmo equivalente à nova idade + 1.
 
Sl 51:1-5 – Tem misericórdia de mim, ó Deus, por teu amor; por tua grande compaixão apaga as minhas transgressões. Lava-me de toda a minha culpa e purifica-me do meu pecado. Pois eu mesmo reconheço as minhas transgressões, e o meu pecado sempre me persegue. Contra ti, só contra ti, pequei e fiz o que tu reprovas, de modo que justa é a tua sentença e tens razão em condenar-me. Sei que sou pecador desde que nasci, sim, desde que me concebeu minha mãe.
 
Uma das coisas que compreendo é que precisamos nos avaliar sempre, e quando se refere à um novo começo, essa avaliação deve ser ainda mais profunda. Essa é a hora de enxergar onde estamos errando, e o que de fato estamos fazendo que não agrada o coração de Deus.
 
Sl 51:6-8 – Eis que amas a verdade no íntimo, e no oculto me fazes conhecer a sabedoria. Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve. Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que gozem os ossos que tu quebraste.

Que neste novo ano eu possa conhecer a sabedoria que vem de Deus e que Ele me conceda a oportunidade de viver a restituição e ter o coração transbordando de alegria.
 
Ana Cunha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s